15 de fev de 2009

A grama verde do vizinho

A grama do vizinho é sempre mais verde, já diz o ditado popular. E é o que eu confirmei essa semana, quando uma criatura que nunca deu a menor pelota para a minha pessoa quando eu era solteiro (mesmo diante do meu interesse) resolveu bater toda risonha à minha porta querendo me convidar para tomar um aperitivo na ausência da patroa.
*
E o pior é que a criatura em questão, hoje casada, continua dando um tremendo caldo, contrariando o próprio passar do tempo. Sem falar no tanto de truques novos que ela pode ter aprendido nos últimos anos, o que deixa a grama do vizinho num verde de fazer inveja ao gramado do Maracanã.
*
Eu não sei o que passa na cabeça de certas mulheres, talvez as muitas que visitam o meu pântano possam explicar. Eu já não estou mais esbelto e sarado como em outros tempos, pelo contrário, estou com menos cabelo e mais barriga. Rico, eu nunca fui. Donde se conclui que o grande afrodisíaco que moveu a senhora até o meu pântano é tão somente a aliança na minha mão esquerda. Sempre achei que isso era uma lenda urbana, mas é um fato. Há mulheres que nunca olharam pra você enquanto solteiro que começam a te dar mole quando você casa!
*
O mais sinistro nessa estória é que elas parecem que têm alguma espécie de radar, sei lá, elas sempre batem à sua porta no exato momento em que a patroa deu alguma pisada na bola. Bem no dia em que ela te encheu os ouvidos com alguma reclamação desnecessária ou implicou com seu futebol-e-cerveja de domingo.
*
Não tive como não lembrar daquela música das Pussycat Dolls, Don’t cha, aquela em que elas perguntam pro cara se ele não queria que a mina dele fosse gostosona, abusada e divertida como elas. Ainda mais que a madame veio com aquele papinho do tipo "eu sei que ela não está te tratando como você merece". Golpe baixíssimo.
*
A essa tentação o Ogro aqui resistiu incólume, mas os casais podem fazer um esforço conjunto pra evitar problemas nessas situações. A gente vai resistindo firme e nossas patroas, por sua vez, procuram diminuir um pouco essas janelas de vulnerabilidade. E a grama do vizinho fica lá, ele que cuide de podá-la.
*
******
*
Eu não conhecia as Pussycat Dolls, elas me foram apresentadas pelo
JB, na mais brilhante definição musical que eu já ouvi:
*
_ Pussycat Dolls? Eu não conheço. O que elas cantam? Rap, Pop, Dance?
_ É um daqueles grupos de gostosonas piranhas que cantam mais ou menos, é uma mistura de Spicy Girls com Gaiola das Popozudas.
_ Ah, sei.
*
******
*
Putz, já imaginou a premiação? Fulanas de tal, vencedoras do Grammy de Melhor Grupo de Gostosonas Piranhas que cantam mais ou menos. O Grammy já tem tanta categoria sem noção, mais uma, menos uma...
*

14 comentários:

MELISSA S disse...

"nossas patroas, por sua vez, procuram diminuir um pouco essas janelas de vulnerabilidade". Acho isso a maior justificativa furada para homens que traem. Aqueles que dizem que se sentem tentados pq a mulher pisou na bola ou fez comentário ruim. Relacionamento é isso: tem seus altos e baixos. E é também nos baixos que a gente comprova o respeito e a lealdade que temos a quem amamos. Eu, pessoalmente, acho podre o tipo de mulher que dá em cima de um homem só por ele ser casado. No fundo, existe algum tipo de competição e elas, inseguras, querem é provar a si mesmas que conseguem alguma coisa... Coisa boba, de criança ou de alguém com problema psicológico. Não estou aki pra julgar se vc deve trair ou não, mas acho q não dá pra vc se apoiar em justificativas. Se for pra trair, traia pq a mulher é gostosa e ponto final. Mas saiba que vc não estará sendo leal a uma pessoa que, provavelmente, acredita nisso. Bjs

Miss X disse...

Ah, sei lá, devem pensar q se vc tá casado é pq tem o 'algo mais', tipo uma raça superior de homens, entende? rs
Sem contar q tem aquela de ego, de 'pegar' oq é de outra e tal...
Mas lembre-se q se ela tem esse comportamento, provavelmente não vale a pena, mesmo sendo gostosa,hehe

Bjs Ogrooo

Dama de Cinzas disse...

A aliança no dedo significa que vc é alguém que presta porque está acompanhado. A pessoa olha e diz: "Esse(a) tem valor, tá com alguém".

Vale pra homens e pra mulheres. Tenha certeza disso...rs

Beijocas

Jean Baptiste disse...

Eu conheço a figura, grama verdíssima, ô...

Da Silva disse...

Pô, incisiva a Melissa. Eu que estava aqui me achando o maioral pela minha resistência heróica. Sem falar na "janela de vulnerabilidade", expressão que eu achei que ficou tão bonita e imponente.

Mas, falando sério, não se trata de arrumar desculpa ou não para trair. Na maioria, das vezes, as pessoas (homens e mulheres) traem na busca por alguma coisa que esteja faltando, seja um sexo na pressão ou uma boa companhia. Sempre que um dos dois deixa isso faltar, está abrindo uma "janela de vulnerabilidade". Todo mundo já abriu alguma. Naquele dia específico a patroa abriu uma enorme, essas coisas acontecem, mas já fiz isso e todo mundo já fez.

Vamos apenas fazer um esforço para evitar essas situações, só isso. Sou um cara pela paz e pela família, só estou fazendo um apelo pela concórdia nos lares.

Mas até que foi legal a polêmica. Beijos e aparece sempre, viu?

Mulherzinha Sim! disse...

Em primeiro lugar, acho que essa vizinha está vendo muito a novela Caminho das Índias e se inspirando na traíra da Yvone, que dá mole para o marido da amiga.

E segundo, que é quase uma redundância da primeira, é que algumas mulheres gostam mesmo de competição. É simples: elas dão em cima de um homem comprometido para ver se este vai ceder. Quando o babaca cai na armadilha, elas acham que são melhores que a mulher do cara.

Bertonie disse...

Caraaa, as PussyCatDolls não cantam NADA. Se não fosse uma coisinha chamada EFEITOS sonotécnicos de computadores, elas estavam ferradas. Quer dizer... ferradas não né. Afinal elas são o Melhor Grupo de Gostosonas Piranhas que cantam mais ou menos, rssss.

Fernanda disse...

Olha, até que está definição não é de toda ruim PARA ELAS. rs
E po, mulheres assim são fogo meu irmão. Envergonham a classe totalmente. Ou melhor: elas são sem classe mesmo ...

Menina de óculos disse...

A grama que tentou te possuir e abusar do teu corpinho certamente não é melhor do que sua patroa. Acredite em mim. Rs...

Quanto as Pussucat Dolls, eu acrescentaria aí...grupo de gostosonas piranhas rebolativas...
rsrs

bjim ogro da silva

Prix disse...

Eita! O post rendeu até D.R. nos comentários... rs
É sempre assim... nem precisa ser casado, é só ver o outro alegre e contente (as vezes nem tão alegre assim) devidamente acompanhado por sua digníssima, namorada ou rolo qualquer que aparece esses seres cheios de amor para dar..
Manda ela ir para Índia, lá ela seria adorada! ;]

Bom carnaval, se cuida!
Até!
=]

PS.:Obrigada pelas palavras de conforto.

Prix disse...

Te premiei ^^

Mary West disse...

Hahahaha tem gente que faz tudo mesmo por uma competição.

Mulher Objeto disse...

Hahaha, eu tenho uma teoria de que as mulheres gostam é de competir com as patroas. Elas têm uma necessidade sistêmica de provar que são melhores, cara, cá comigo ei acredito pacas nessa teoria.

Mas enfim, acho que trair com ex foda é roubada... E acho que vc só não caiu por que sabe o tamanho da furada que ia se meter, heheh... Essa daí tem total perfil de chave de cadeia.

Quanto a sua mulher ter falado demais, a gente faz isso mesmo, mas tb aguentamos várias das joselitagens de vcs.

beijos ogroooo!

J@de disse...

Eu interpretei a música analisando os homens e vc as mulheres!! Gostei!!

Mas concordo com a Dama, mas além da confirmação de que, se o sujeito está casado é porque presta, há também a mais torpe inveja da outra.

Uma amiga psicóloga dizia que mulher que deseja o homem de outra não é porque quer saber o que ele tem, mas o que ELA tem para ter atraído aquele cara...

Enfim, tentação banida, respeito é isso!!

Ah tem outra coisa, mulher não se interessa por homem por ser rico, gostosão ou bonito, isso é lenda, mulher em geral se atrai mais pelo conteúdo, homens se atraem mais pelo visual...

Beijos!!