15 de nov de 2008

Consultório sentimental do Ogro: A mulher quer sair com o marido

Da Silva, meu amor, por que meu marido nunca quer sair comigo para lugar nenhum? (Saidinha, Nova Iguaçu – RJ)
*

Antes de mais nada, Saidinha, defina melhor esse lugar nenhum ao qual você quer ir e seu marido não quer lhe acompanhar. Sim, porque entre os lugares aos quais as mulheres querem levar os maridos, invariavelmente estão alguns indigestos programas em família, como almoço com pais ou sogros. Sem falar nas idas ao shopping, uma experiência que pode ser bastante desagradável tanto para ele quanto pra você. Afinal, se o seu marido é homem mesmo, ele tem uma visão de estilo bem peculiar. Para ele, sapatos foram feitos pra calçar, e não para combinar com nada, assim como a calça serve, tanto para vestir, quanto para limpar as mãos engorduradas. Não espere que este cidadão recém-saído das cavernas entenda a sua urgência em comprar o centésimo vestido só porque ele está em liquidação. “Se o seu vestido te engorda, não o coma” é tudo que ele vai dizer. Com razão.
*
Além disso, muitas mulheres insistem em sair no dia e horário mais sagrados e importantes da semana, as tardes de domingo, culturalmente consagradas à cerveja e, principalmente, ao futebol. Há até mães que organizam festas infantis nesse dia, nesse sacrossanto horário! Nesse caso, saiba de antemão que a tarefa de levar os pentelhos, digo pimpolhos, a festas em domingos à tarde é toda sua. E você sequer poderá se vingar dando mole para o primeiro papai que encontrar porque ele provavelmente estará com a mulher, que o obrigou a ir. Se ele foi sozinho e com alegria, esqueça, ele é bicha.
*
Para que você possa usufruir mais e melhor da companhia do seu personal ogro, aqui vão alguns critérios para que ele aceite o seu convite para sair: Em primeiro lugar, respeite as necessidades básicas do homem, evite querer sair se ele quiser trepar, beber ou assistir futebol. Além disso, tente intercalar programas cruelmente enfadonhos, como a formatura do seu irmão, com idas ao Maracanã (sem tecer comentários sobre a lei do impedimento e sem reprimir o lado ogro do seu marido que irá beber, xingar, cuspir, coçar o saco sem nenhum freio).
*
Respeitando a natureza do seu marido, ele lhe dará muito mais atenção e, vá lá, fará até algum esforço para uma ida ocasional à casa dos seus pais. Mas não abuse.
*

5 comentários:

Menina de óculos disse...

eu queria um marido e tal...num vou mentir...mas eu juro que queria um homem limpinho, que não falasse palavrão, que andasse de mãos dadas cmg ...
eu juro que assisto jogo na tv com ele e evito festas de domingo..pq elas são insuportáveis mesmo...mas do banho eu num abro mão...

bjs ogro

Da Silva disse...

Viu, já estamos chegando num acordo. Pena q a esmagadora maioria das mulheres não tenta sequer negociar.

Bjs Fran

Maria Chic disse...

Jesus, vou observar antes de fazer algum convite se há um desses empecilhos. rsrsrs

Mulherzinha Sim! disse...

Tenho medo dessas espécies de ogro!!!

Sâmia disse...

Caro Da Silva,
teria você, assim por acaso, um amigo ogro pra me apresentar?
O negócio é que em minha humilde concepção, homem que é homem tem que ser macho e só tem aparecido limpinhos e perfumados na minha frente. Praticamente mais fêmeas do que eu.
Fala sério, né!