29 de nov de 2008

Ogro fashion week

Esse é apenas o primeiro de alguns posts que, futuramente, irão compor um guia de estilo que pretendo publicar e enriquecer, tipo a Gloria Kalil. Esse guia de estilo começa exatamente pelo vestuário e trata de um acessório específico, não só por razões estéticas, mas pelo que ele tem de simbólico. Estamos falando da boa e velha pochete.
*
Nenhum acessório de vestuário é tão simbólico das diferentes visões que homens e mulheres têm da vida. O fato de o homem usar ou tolerar o uso da pochete sem maiores problemas, enquanto a maioria das mulheres o abomina, tem a ver com as próprias concepções que cada sexo nutre em relação ao vestuário.
*
A pochete é tão representativa dessa discussão exatamente porque ela é zero em matéria de beleza e dez em matéria de praticidade e utilidade. Enquanto as mulheres enfatizam a primeira característica, os homens justificam o seu uso com base na segunda.
*
Obviamente, eu tenho opinião formada nessa discussão. Sempre achei que bolsa, pochete, sacola ou mochila não são feitas para combinar, são feitas pra carregar coisas. Todas as vezes que minha mulher esquece algum utensílio, como chaves ou telefone celular, é fácil adivinhar o motivo: Ficou na outra bolsa, que foi deixada em casa por não combinar com a roupa ou o sapato daquele dia. O mero risco de esquecer alguma coisa desaconselharia a troca, mas tente explicar isso a uma mulher.
*
Entretanto, nós homens, semana após semana, estamos nas ruas, festas, bares e praias com um objetivo dos mais nobres: Comer alguém! Mulher, de preferência. E é claro que, sabendo da ojeriza que as mulheres sentem em relação à pochete, nós só vamos usá-la em programas estritamente masculinos, como o abençoado futebol de domingo. Eu devo admitir, porém, que ainda tenho dificuldades em crer que as mulheres não gostem de algo tão prático.
*
Sem mais delongas, só há um modo de usar a pochete: longe de qualquer mulher. Se você desrespeitar a regra, meu amigo, corre o risco de acabar a festa, o baile, o churrasco, ou o que quer que seja, sem comer ninguém. E isso é razão mais que suficiente para a sua pochete ficar em casa. Ela não vai se magoar, se você explicar o motivo ela vai entender.
*
*********

*
Essa foi de uma amiga, tentando me demover do uso da pochete:

*
_ Pode ser a mulher mais linda que for, você não vai olhar pra ela se ela estiver de pochete.
*
Hum, sei não. Tente, por um minuto, imaginar qualquer homem dizendo essa frase:

*
_ Não, Juliana Paes, eu não vou sair com você com essa pochete horrorosa!

*
Pois é, não deu. O único homem que eu imagino que seja capaz de dizer isso, sei lá, deve ser o Clodovil.
*

9 comentários:

Monique Lôbo disse...

Oi Da Silva, primeiro obrigada pela visita, espero ve-lo mais vezes por lá!
Adorei o post, eu não tenho nada contra pochetes, acho até que elas são recomendadas em algumas ocasiões, agora tem momentos em que não dá, fica estranho, não combina.
Exemplo, uma passeio num parque ou num shopping, dá pra usar numa boa a pochete, agora imagina uma mulher numa festa, sei lá, fica estranho. Quem gosta e não se liga nessas combinações bobas tem mais é que usar mesmo e ser feliz, na duvida eu fico com a minha bolsa de todos os dias!rsrs!!
Adorei o blog, vou voltar mais vezes!!!
Bjãoo

Deisy disse...

é realmente fica dificil de imaginar um homem dizendo isso... hihihi...

eu particularmente não saio de casa sem bolsa, mas pochete eu não uso não, acho muito feio... mas servindo para carregar as coisas, tudo bem...

realmente acontece de esquecermos coisas na "outra" bolsa, acontece...

ultimamente eu tenho usado somente a mesma bolsa, que é bem grande, da pra carregar muita coisa... bolsa de mulher é uma coisa que homem nunca vai entender... =)

obrigada pela visita ao meu blog...

bjim

Mulheres Imperfeitas . disse...

Ogro ( ou " da Silva , como preferir ) ,
quem bom que você não " padece " de nenhum desses defeitos que eu citei !
Hoje em dia você sabe né ?
Raríssimo ^^
E legal que se intitule " ogro " , porque aí eu sei que tô conversando com alguém que tem o mesmo ponto de vista que o meu ( pelo menos eu acho que esse é o sentido do ogro , não ser perfeito ) .
Aqui o lema é : " Sem frescura e feminismo " . Então eu acho que tu realmente encontrou o blog que complete o seu !

- pode deixar que eu acredito que não foi cantada barata o que você disse , ou pelo menos finjo que acredito -
haha *.*

Mega beijo

ps..: tem algum orkut que possa te adicionar pra trocar uma idéia ?

Juliana Lira disse...

Obrigada pela visita

Adorei seu blog,apesar de achar que sou meio fresca sabe?Daquelas que ainda esperam principes e tal rsrsrs
Mas vou voltar muitas vezes porque seu senso de humor e estilo de escrever são fantasticos!

Mil beijos

Mulheres Imperfeitas . disse...

Ogro ,
já mandei um e-mail pro endereço que você deixou !
Vê se chegou direitinho , e se quiser pode responder pelos comentários do meu post , ou mesmo diretamente no e-mail .

Brigadão
;**

Dama de Cinzas disse...

É verdade, mulheres em geral abominam pochete, eu não gosto nem desgosto, pra mim é indiferente... rs

Mulheres deveriam ser iguais aos homens e valorizar primeiro a praticidade e conforto na hora de se vestir...

Obrigada pela visita!

Beijocas

de mulher pra mulher disse...

pochete é confort´vel eu gosto rsrs
obrigada pela visita em meu blog..
uma noite de muita paz pra ti!
beijos em seu coração
.
.
Sandrinha

Prix disse...

Hum..entre pochetes e bolsas..
Prefiro mochilas!

E eu vou continuar olhando para o Gianecchini se ele estiver de pochete.. xD

Até!
=]

Adriana disse...

OIE Da Silva amei esse posti e qr te dizer que tb ñ tenho nad contra pochetes ou acessórios como cartucheiras e etc... ate que axo legal tb tudo dentro do padrão e estilo...ha qnto a visita no banheiro ñ somos complicadas ñ apenas + racionais em qlq situação falta é + sentimento em vcs isso sim...+ vai entender ne mulherers complicados homens insencíveis + fazer o quer ne os opostos se atraem...rs ...e assim segue a vida...bjossssss